A (temida) volta da pochete!

Ela fez sucesso no carnaval deste ano. Mas não agrada a gregos e troianos não! Controversa, a pochete voltou com tudo para as ruas e promete não sair mais tão cedo de cena.

Repaginada, a pochete, símbolo da breguice dos anos 90, volta às passarelas, vitrines e corações das fashionistas mais antenadas. Pequenininha, prática e versátil, a principal função da pochete (além de carregar suas coisas, é óbvio!), é deixar as mãos livres. Ela é ideal pra quem anda muito e não carrega muito além de dinheiro, documentos e um batonzinho.

Consagradas em passarelas de marcas como Armani e Marni, as pochetes vem ainda mais funcionais, fazendo parte do look. Nada de “só um pedaço de lona” pra você enfiar tudo que precisa dentro. As peças trazem mais delicadeza e modelos que variam desde os quadrados fininhos aos mais redondos e desenhados. Esse retorno tem muito a ver com uma tendência de mercado recente: funcionalidade das peças.

O grande desafio agora é convencer as pessoas de que aquele acessório que, de tão demonizado virou sinônimo de algo perjorativo, ganhou uma nova e moderna apresentação. E você? Vai continuar fazendo cara feia ou vai abraçar de vez a ideia de liberdade que a prochete traz? Conta aí pra gente! 😉

  • Post Image

    Imagem: Pinterest

  • Post Image

    Imagem: Pinterest

  • Post Image

    Imagem: Pinterest

  • Post Image

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta