Amarelo – A cor que combina com todas as estações.

Com a afirmação de que “Amarelo chama dinheiro” muitas pessoas utilizam essa cor apenas na virada de ano, uma superstição que escutamos durante muito tempo. O fato é que o amarelo não é uma cor só para a virada de ano, é uma cor que pode e deve estar presente no seu dia a dia. No inverno ela ganhou as passarelas e na primavera/verão 19, ela é uma das favoritas para compor o seu guarda-roupa.

Segundo a Personal Stylist Daniela Castro, a cor vem se fortalecendo desde a primavera/verão/17.  “O amarelo é uma cor bem versátil, apesar do medo das pessoas em se arriscar com ela. Esse medo vem do desconhecimento da infinidade de tons e combinações possíveis.” Ela destaca ainda que, mesmo com uma gama de informações sobre moda, geralmente as pessoas costumam a se limitar ao “amarelo ovo”.

       

 

ENTREVISTA

FALA, DANIELA CASTRO!

“Não adianta se cobrir de amarelo da cabeça aos pés só porque está na moda. Acessórios são um bom começo e mais baratos que um look completo. Pode ser uma pulseira, um brinco, um lenço… Qualquer coisa!”

Personal Stylist

 

     

Sobrancelhas.com: Qual a importância da cor amarelo nos looks para a estação primavera/verão 19?

Daniela Castro: Bom, o amarelo é o escolhido da vez. Remete à luz, ao calor, à descontração, ao otimismo. É uma boa escolha para quem deseja chamar atenção, mas não gosta muito de ousar. Aí vale conhecer as diversas nuances da cor, do mostarda ao amarelo clarinho da cartela candy que também vem bem em alta nessa estação.

Sobrancelhas.com: Como compor um look harmônico com essa cor?

Daniela Castro: Compor looks com o amarelo não é tarefa difícil, mas também não é das mais simples. É preciso ter um conhecimento básico do que fica bom com o tom de pele, profissão, dress code da ocasião. Aí, novamente, vale conhecer os diversos tons da cor. Estampas com predominância da cor também são um caminho fácil para quem quer começar. As mais fashionistas podem se arriscar sem medo nas combinações com cores complementares, como o roxo ou, se preferirem suavizar um pouco, o amarelo mais forte, o lavanda, quem vem como nova aposta da Pantone, já que o próprio roxo não fez tanto sucesso assim. É muito legal pensar também além da cor. Uma peça com tecido de qualidade traz um amarelo bem diferente e mais bonito do que peças mais simplórias, de tecidos com qualidade inferior. Ah! Uma ótima cor para usar com qualquer tom de amarelo é o cinza. Qualquer tom dele suaviza a força do amarelo e traz um ar mais classudo ao visual.

Sobrancelhas.com: É verdade que ela combina mais com pessoas de pele morena?

Daniela Castro: Não totalmente. O amarelo contrasta bem com os tons de pele morenos e negros, mas pardos e brancos também estão livres para utilizá-lo. Vai depender da composição. Se tiver muito medo de se arriscar, vale a pena investir num acessório da cor. Cintos, sapatos, brincos, pulseiras e até um broche dão um realce ótimo em qualquer visual!

Sobrancelhas.com: A cor também é destaque nos acessórios?

Daniela Castro: Sim, sim! Os acessórios em acrílico e plástico que foram febre nos anos 90 e 2000 voltaram com tudo, numa releitura bem interessante. Misturados a materiais mais nobres como metais, brincos, colares, pulseiras dão um toque de cor a um visual mais sóbrio. Cintos, sapatos e bolsas também podem compor bem um look com o amarelo, principalmente pra quem tem medo de arriscar. Um lenço amarelo amarradinho na bolsa dá uma vida completamente diferente ao visual jeans e camiseta, por exemplo. E lenço não é um investimento caro.

Sobrancelhas.com: Qual dica você dá pra quem tem medo de usar o amarelo, mas tem muita vontade?

Daniela Castro: Parcimônia. Não adianta se cobrir de amarelo da cabeça aos pés só porque está na moda. Acessórios são um bom começo e mais baratos que um look completo. Pode ser uma pulseira, um brinco, um lenço… Qualquer coisa! Quem já quiser se arriscar um pouco mais, mas ainda tem medo de comprar uma roupa amarela, sapatos e bolsas são ótimas pedidas. E, para quem já quer ir direto para as peças de roupa, indico sempre que o ideal é experimentar! Vestir a peça, pensar numa combinação com algo que a pessoa já tenha – para não usar uma única vez e encostar -, testar os tons que ficam melhores para cada tom de pele e fotografar. Uma selfie no espelho já dá uma ideia bem diferente de como ficou a roupa no corpo que, a imagem refletida no mesmo espelho, não dá.

E aí, curtiu as dicas? Deixe seu comentário e assine as notificações para receber novidades quentinhas no seu e-mail 😊

 

Imagens: Pinterest

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta