Animal Print? Pode sim!

A relação dos homens com as peles de animais é antiga. Eram usadas para aquecer do frio e também símbolo de status e poder. Atualmente utilizamos estampas ao invés das peles por uma referência de Christian Dior na década de 40 que as utilizou em sua coleção primavera-verão. Por causa dele, também o animal print ganhou forma em acessórios, bolsas e sapatos.

As estampas, que representam peles de animais e por isso chamadas animal print, saíram das passarelas e ganharam o dia a dia. Cobra, zebra, tigre, sendo a estampa de leopardo a mais famosa, fazem parte do cotidiano em blusas, vestidos, sapatos, bolsas, acessórios.

Há quem ache, em pleno século XXI, que essas estampas são coisa de perua, mas geralmente esses comentários vêm associados à falta de conhecimento de como usar a famosa “Animal print” que dá um ar sofisticado à produção, quando bem usadas, é claro.

Na medida certa da sua beleza

  • Ao usar um vestido com estampa animal print, dê preferência aos mais soltinhos para que não fique vulgar. Combine com sapatos e uma bolsa de cor neutra e lisa.
  • Nos looks mais formais, como para o trabalho, uma dica é usar nos acessórios como lenços ou bolsas, mas é possível também colocar uma blusa ou camiseta com essa estampa e associar a blazers, sapatos mais clássicos e sapatilhas, de preferência de cores clássicas e lisas.
  • Atenção para o tamanho das manchas! Quanto maiores mais volume ao corpo. Menores menos volume e mais elegante.

 

   

 

Imagens: Pinterest

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta