Empreendedorismo

Franquias do setor de alimentação Vs. Franquias do setor de beleza: vantagens e desvantagens

Quando o assunto é abrir o próprio negócio, as franquias são excelentes opções, principalmente para quem não quer iniciar do zero. Com tantos segmentos e tantas franqueadoras disponíveis no mercado, para muitos, o primeiro gatilho para chegar à escolha é procurar as que prometem menor valor de investimento e mais lucratividade. Nesse sentido, a ideia que vem à mente de muitos é adquirir uma franquia do ramo da alimentação, porém é preciso ter cuidado. Muitos fatores devem ser analisados antes de bater o martelo, já que podem existir armadilhas ao longo do caminho. Apesar de parecer o mais atraente, o setor de alimentício sofre com muitas desvantagens. Além da concorrência ser muito acirrada, por existirem milhares de opções para todos os tipos de refeição, encontrar mão de obra qualificada e enfrentar a rotatividade de funcionários podem ser outros grandes problemas. Eles comprometem diretamente o atendimento e a qualidade dos produtos…

O que a franqueadora faz com as taxas pagas pelos franqueados?

No Brasil, o sistema de franchising é regido pela Lei de Franquias  (nº 8955/94), promulgada pelo presidente Itamar Franco. Antes dela, a preocupação com a falta de organização e regras para o setor era grande entre os investidores. A falta de regulamentação específica também criava um ambiente de insegurança jurídica. Dentre todas as normas estabelecidas com a sua criação, a Lei exige que o franqueador seja claro e transparente com os franqueados, informando-os sobre os papéis de ambas as partes, as formas de suporte e treinamento, além de questões relacionadas à instalação e ao funcionamento do negócio. Entre elas, determina que as taxas e os valores que devem ser pagos para ingressar na rede e durante a operação, apresentados logo na Circular de Oferta de Franquia (COF), antes da assinatura do contrato. Existem três tipos de taxas típicas encontradas em todas as franquias. São elas: taxa de franquia, royalties e…

Sobrancelhas Design: as estratégias de uma das maiores franquias do Brasil

No site Guia Franquias de Sucesso, Alisson Ramalho, vice-presidente do Grupo Sobrancelhas Design, conta como o negócio vem prosperando desde 2012 e os segredos para estar presente em todos os estados do país e atender mais de 4 milhões de clientes por ano. O Grupo SD está entre as 50 maiores redes do franchising, reconhecida por 4 anos consecutivos com o Selo de Excelência em Franchising da ABF e 5 anos com o prêmio de Melhores Franquias do País pelo Serasa e Editora Globo. Segundo Alisson, “a formatação de um modelo de negócio estruturado e sustentável fez toda a diferença porque nos possibilitou uma ótima escalabilidade”. Hoje a Sobrancelhas Design está presente na América Central, Europa, América Latina e EUA, e cresceu mais de 80% no mercado internacional.

Empoderamento e autoestima feminina: beleza é ser livre

A quebra de padrões sobre o corpo feminino, a autoaceitação e o empoderamento da mulher têm pautado debates em várias esferas da sociedade nos últimos anos. Apesar de muito já ter sido conquistado, na prática, as mulheres continuam sofrendo com tabus sobre as suas aparências. O Grupo SD acredita que as marcas que direcionam seus serviços e produtos ao público feminino podem ter voz ativa nessa luta e devem ajudar na construção de uma sociedade composta por mulheres autossuficientes e confiantes, abraçando o empoderamento real e inclusivo. Até mesmo quando consideradas “dentro dos padrões”, as mulheres são vítimas de discursos preconceituosos. Independente de classe social, raça ou credo, em algum momento não muito distante de suas vidas, toda mulher já teve de ouvir comentários relacionados às suas características físicas que a colocavam em posição de comparação, objetificação ou inferioridade. Colocam em cheque os seus estilos, seus gostos, suas essências e…

Mulheres de negócios: empreendedorismo feminino cresce no Brasil

Você sabia que as mulheres já são a maioria à frente dos novos empreendimentos abertos no Brasil? Em 2018, elas representavam 51% das novas empresas criadas no País, segundo a última pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) do Sebrae. Esse número reflete as transformações do comportamento feminino nos últimos anos. Cada vez mais cientes do seu poder na sociedade, as mulheres têm buscado romper estigmas e ocupar a sua posição no mercado. Ao conquistarem o protagonismo num universo historicamente comandado por homens, elas provam a capacidade de desempenhar os mesmos papéis e que podem impulsionar a economia e inovar o campo empresarial. A escolha por se tornarem donas do próprio negócio tem sido motivada não só pela necessidade de independência financeira e de driblar os salários desiguais, mas pela vontade de realização profissional e de ter mais tempo para os filhos ou para si. As brasileiras comandam 3 em cada 4…

Qual o melhor modelo: franquia ou negócio independente?

Você deseja investir mas não sabe qual o melhor caminho para realizar o seu sonho? Fique por dentro das diferenças entre os modelos e acerte na sua escolha! Com maior autonomia, você pode criar um negócio próprio que é a sua cara. Liberdade e flexibilidade são itens favoráveis do investimento. Além disto, o lucro é inteiramente do empresário. Em contrapartida, no negócio próprio, é que quando você decide investir sozinho, tudo depende apenas de você! As estratégias utilizadas, a experiência adquirida, a contratação de serviços de publicidade e realização de pesquisas, ficam por inteira responsabilidade do empreendedor. Quando é decidido seguir em parceria com uma franquia, cada parte tem seu papel bem definido. Além do mais, um dos principais pontos positivos nesta escolha, é a segurança obtida na marca que você vai representar. O franqueador, detentor de uma patente já consolidada no mercado, possui clientes fidelizados que se identificam com…

5 dicas para quem quer abrir a primeira unidade de sua franquia

Se você já decidiu em investir neste mercado promissor, este conteúdo é para você! Preparamos algumas dicas que vão te ajudar nesta trajetória. Confira! Planejamento O planejamento de um modo geral do seu negócio é ferramenta indispensável. Utilizar planners e listar as ações que precisam ser concluídas periodicamente podem te auxiliar a não se perder mediante a inúmeras tarefas a serem realizadas. Outro ponto essencial, espera que as contas da empresa não se misturem com as despesas pessoais. Faça uma planilha que tenha os gastos fixos, os gastos variáveis e o faturamento esperado no mês. Ao final, faça um balanço e um relatório para mensurar os resultados. Não esqueça as reservas para os primeiros meses de operação e para os períodos de menor faturamento. Lembre-se de que no início o negócio pode demorar um pouco a engrenar. Esteja preparado! Analise cuidadosamente a Circular de Ofertas de Franquia (COF) COF é…

O perfil do franqueado ideal para o modelo de negócio do Grupo SD

Empreender não é tão simples como imaginamos. Investir requer muito mais do que identificação com a marca e afinidade com a área de atuação. A exigência é bem maior. Espera-se que o franqueado além de ter o espírito empreendedor, tenha facilidade de comunicação, boas noções de gestão, postura e mindset de crescimento. Embora o formato de franquia já possua marcas consolidadas, serviços e produtos definidos, não é garantia de êxito imediato. É um modelo de negócio como qualquer outro, sendo preciso uma boa gestão e noções de administração. Não é interessante que o empreendedor espere que o franqueador se responsabilize por tudo, por isso, proatividade é item importante para fazer o negócio acontecer. Se você tem esta virtude, então estamos lidando com alguém que fará toda a diferença na hora de alcançar bons resultados. Um franqueado de sucesso é focado e dedica-se por inteiro ao investimento. É necessário disciplina, enquanto…

Navigate