Como escolher o sutiã certo para seu tipo de corpo

O sutiã pode ser o seu melhor aliado ou pior inimigo. Ele tem o poder de levantar ou destruir seu look em segundos! O modelo certo pode valorizar – e muito – o visual. Porém, um sutiã de tamanho errado (seja na largura da alça, tamanho do bojo, numeração) o resultado pode ser catastrófico e, obviamente, desconfortável.

A primeira coisa que você precisa ter em mente na hora de comprar um sutiã é que o que fica bem para sua amiga, não necessariamente ficará bem em você. É preciso respeitar suas formas. Para identificar o tipo ideal pra você mesma, só tem um jeito: experimentando!

O maior erro que você pode cometer é achar que determinado modelo que viu em um catálogo vai vestir bem só porque ficou bem na foto. Cada mulher é única e não há medidas precisas padronizadas para o conforto. Não deu certo? Troque! Prove outro modelo, regule as alças, olhe de costas se o caimento é ideal e vista a blusa por cima para se certificar que a peça não marca. Sinta o modelo para descartar qualquer incômodo.

O modelo que mais favorece é sempre aquele que entende o corpo da mulher que o veste, valoriza os pontos fortes e esconde os fracos. No geral, seios maiores precisam de mais sustentação para garantir conforto e seios pequenos podem se beneficiar de bojos, caso queiram mais volume. Costas largas não podem ficar apertadas e as estreitas também merecem caimento certo e não peças folgadas.

Mas como identificar os pontos fortes e esconder os fracos? No caso de quem tem costas largas com busto pequeno, por exemplo, o ideal é usar um extensor. Essa peça é facilmente encontrada em lojas de lingerie. Para seios caídos, modelos push-up dão efeitos ótimos, pois levantam e valorizam o colo. Já quem tem costas estreitas e seios grandes precisam de tops com sustentação com alças mais largas. Um bom sutiã não valoriza somente o busto, ele também não deixa nada sobrando atrás.

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta