Como maquiar cada formato de olho

Caprichar na maquiagem para deixar o look perfeito é essencial, independente do formato dos seus olhos. Do visual mais glamouroso e bem marcado ao mais básico com cores neutras, é importante tomar alguns cuidados para valorizar os traços e ficar ainda mais linda. Por isso, antes de aplicar delineador, sombra e demais produtos, vale parar e ler nossas dicas específicas para cada formato de olho. Confira!

Olhos pequenos
Um dos maiores desafios na hora de maquiar olhos pequenos é tomar cuidado para não deixá-los parecendo ainda menores do que são. Principalmente se a ideia for fazer um olhar bem marcado com tons escuros. Por isso, o lápis de olho nude e a máscara de cílios são os dois produtos que nunca podem faltar no nécessaire de quem deseja fugir desse efeito. O lápis deve ser usado na linha d’água inferior, mesmo quando o lápis escuro aparecer na parte externa da raiz dos cílios. O segundo deve ser aplicado em várias camadas para que os fios fiquem longos e volumosos. Na hora de aplicar a sombra, esfume bem a pálpebra móvel e prefira tons neutros ou mais claros para dar uma iluminada na região. Para evitar que o delineador diminua os olhos, a dica é evitar os traços grossos e fazer uma linha fina e precisa.

Olhos grandes
Enquanto as mulheres com olhos pequenos devem preferir as sombras neutras ou iluminadas, aquelas que têm o olho mais destacado devem usar e abusar dos tons escuros para dar profundidade ao olhar. A dica é esfumar o produto por toda a pálpebra móvel a partir da raiz dos cílios superiores. Além disso, o contorno com lápis preto e o delineado com traço mais grosso também são boas pedidas para diminuir a aparência da região – mas este último deve estar bem reto e rente à linha dos cílios para não entregar um efeito contrário.

Olhos próximos
O segredo para valorizar esse tipo de olho é fazer uma combinação de sombras claras e escuras. A mistura dos dois tons ajudará a criar a impressão de olhos mais afastados. Depois de escolher as duas opções, é fácil fazer o truque: basta aplicar o produto mais escuro no cantinho externo dos olhos e o mais claro no interno para dar uma iluminada. Na hora de contornar, a dica é fugir do lápis preto e aplicar apenas o mais claro na linha d’água inferior. Para delinear, o segredo é fazer o traço a partir da metade do olho para fora e terminar com o clássico “gatinho”. A finalização fica por conta de várias camadas de máscara de cílios nos fios superiores e inferiores, reforçando o produto nos cílios externos para criar um efeito alongado.

Olhos afastados
Para corrigir os olhos que aparecem mais afastados, o truque é esfumar toda a pálpebra com uma determinada cor e aplicar um tom mais escuro no cantinho externo dos olhos e no côncavo. Para delinear, a dica é fazer um traço preciso sem o detalhe do “gatinho”, já que seu efeito alongado pode acabar deixando a impressão de que os olhos são ainda mais afastados. Se desejar usar lápis preto ou marrom, faça o traço na parte externa da raiz dos cílios e conte com a ajuda de um pincel para esfumar a cor e deixar o olhar com um acabamento mais bonito.

Olhos caídos
Esse formato de olho é aquele que apresenta o canto externo inferior um pouco mais caído que o normal. Mas, recorrendo a uns truques básicos de maquiagem, é simples disfarçar esse detalhe e deixar o look impecável! O segredo principal é destacar a área superior para levantar o olhar. Aplique uma sombra escura no canto externo fazendo um leve esfumado em direção à sobrancelha, como se estivesse fazendo um delineado gatinho. Na hora de usar, de fato, o delineador, siga esse mesmo formato – mas com um traço fino e bem rente à raiz dos cílios.

Olhos fundos
Para quem tem olhos fundos, o truque principal é evitar as sombras muito escuras e apostar nos efeitos de luz! Os tons mais fechados podem ser usados para marcar o côncavo de maneira bem suave, mas o ideal é fazer o esfumado com os mais claros e aplicar iluminador nos cantinhos internos dos olhos. Na hora de aplicar o delineador, a dica é fazer um traço fino no canto interno e engrossar um pouco no externo – sem esquecer de abusar das camadas de máscara de cílios e aplicar lápis branco ou nude na linha d’água inferior para reforçar o toque glam e abrir o olhar.

Olhos cobertos
Como esse formato deixa a pálpebra escondida, o segredo é aplicar a sombra ultrapassando o côncavo para criar a impressão de que ela está à mostra. Além disso, para destacar ainda mais a região, use um tom mais escuro nos cantinhos externos e na pálpebra inferior. Para marcar a linha d’água inferior, prefira o lápis branco ou nude para não correr o risco de diminuir o olhar; e, na hora de delinear, faça um traço bem fino do meio dos olhos ao canto externo, evitando ultrapassar esse limite.

E aí, preparada para maquiar seus olhos sem medo?

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta