História do batom

qwewqewqe

Base, corretivo, pó, rímel, sombra, delineador, batom. Tudo isso vocês já conhecem, não é? Mas já pararam para pensar onde surgiu a maquiagem? Quando as pessoas começaram a utilizar a pintura como artifício de embelezamento? Como foram desenvolvidos os cosméticos do jeitinho que conhecemos? É isso que vamos te contar! Toda semana a gente vem te apresentar um pouco da origem desses produtos imprescindíveis da sua necessaire. Hoje o tema é batom. Acompanha!

Durante vários séculos, usar algo para coloris a boca era visto como uma referência à sensualidade e às más intenções. Estima-se que o costume de pintar os lábios tenha se iniciado na Mesopotâmia, por volta de 5.000 a.C.. Apenas as mulheres ricas dessa época utilizavam a pintura que era feita de uma tinta rara extraída de uma substância natural chamada púrpura da Tyr, encontrada apenas na cidade fenícia de Tiro. Algum tempo depois, ainda na civilização dos faraós, foi criada a pigmentação vermelha, obtida a partir do ocre.

Mas nem sempre o batom foi bem visto ao longo da história. Na Grécia, no século II, foi criada uma lei que proibia as mulheres de utilizar pigmentações nos lábios antes do casamento. A justificativa? Segundo os gregos da época, moças que coloriam os lábios tinham grande poder de sedução capaz de enganar os homens. Apenas em 1770, já na Inglaterra, é que essa prática foi abolida.

Foi também na Inglaterra, durante o reinado de Elizabeth I, no século XVI, que o batom começou a ganhar mais popularidade. Colorir os lábios num tom de vermelho brilhante, emoldurados por uma pele absolutamente branca e opaca virou moda nessa época. Durante a maior parte do século XIX, o uso de cosméticos era associado a grupos marginalizados, como atrizes e prostitutas, portanto, não era bem aceito entre as mulheres respeitáveis da época.

Foi só no início do século XX que o batom conquistou lugar cativo na lista de objetos indispensáveis da mulher. Em 1915, o cosmético composto por talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão, na cor vermelha, passou a ser comercializado em embalagens cilíndricas de metal, criadas por Maurice Levy.

Com a evolução da indústria cosmética, atualmente, o batom, além de dar cor, oferece proteção à pele delicada dos lábios contra efeitos danosos externos como frio, vento e calor.

E aí? Curtiu conhecer um pouco mais sobre o batom? Deixa seu comentário aqui embaixo! Na próxima semana a gente traz mais história da maquiagem pra você! Fica ligada!

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta