O câncer de mama nas mulheres jovens

outubrorosa1

Não existem estatísticas oficiais, mas cada vez mais vemos e ouvimos casos de mulheres jovens enfrentando o câncer de mama. Mesmo durante a juventude é preciso esclarecer-se sobre o assunto e estar sempre em dia com exames. Nesses casos, o autoexame mensal é imprescindível. Ele pode detectar qualquer vestígio de tumor ainda na fase inicial e aumentar em até 99% as chances de cura.

Não há um fator específico que indique uma maior incidência de câncer de mama em mulheres mais jovens. Alguns atribuem ao estilo de vida mais corrido que se apresentou ao longo dos tempos, ao excesso de exposição à radiação, à uma vida mais sedentária e dieta desequilibrada. Mas outros fatores podem desencadear o câncer de mama, como: primeira gravidez após os 30 anos, menarca (primeira menstruação) antes dos 12, menopausa tardia, fumo, álcool, terapias de reposição hormonal sem acompanhamento médico e nuliparidade (nunca ter engravidado).

O fato é que no Brasil, o câncer de mama é a segunda doença que mais mata mulheres, perdendo apenas para problemas cardiovasculares. Por isso, médicos indicam que mulheres até 30 anos realizem pelo menos uma ultrassonografia por ano, além do autoexame mensal. Todo cuidado é pouco!

Câncer é uma doença difícil, dura, silenciosa e impiedosa, mas tratável e, dependendo do estágio em que é descoberta, curável! Por isso, não marque bobeira! Faça o autoexame. É rapidinho e indolor! Prevenção é sempre o melhor remédio!

Fonte: Instituto do Câncer

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta