Saiba quais são os cinco principais erros cometidos com o corretivo

Líquidos, cremosos, em pó, lápis ou bastão, os corretivos possuem diversas versões e tons para cada uma das finalidades. Cobrir olheiras, manchas, cicatrizes e marcas é um dos mais
importantes passos para uma maquiagem perfeita, mas essa tarefa nem sempre sai como o esperado. Listamos os cinco principais erros na aplicação do corretivo para acabar com as dúvidas e ajudar na aplicação.

1. Aplicar antes da base

Aplicar o corretivo antes da base é um dos erros mais comuns. O que muitas pessoas não sabem é que a base é um produto mais fino e aplicá-la antes do corretivo resulta em uma cobertura mais leve e natural.

2. Escolher um tom mais claro que a pele

Para as regiões das olheiras, a dica para encontrar o tom certo de corretivo é comprar um ou dois tons abaixo da cor natural da sua pele. Isso compensará a escuridão e iluminará a parte de baixo do olho. Nas demais áreas do rosto que precisam de correção, como nariz, bochecha, testa e queixo, o recomendado é um tom mais parecido possível com o natural da pele.

3. Usar os dedos ao invés do pincel

Os corretivos podem ser aplicados com pincel, dedos ou esponja, mas, ao aplicá-los com as mãos, gasta-se mais produto.

4. Aplicar de forma errada

É importante saber como, onde e com qual ferramenta aplicar cada tipo de corretivo. A dica para não errar na aplicação é prestar atenção nos locais das imperfeições e, em certos pontos, como perto das sobrancelhas, ao redor do nariz ou na raiz do cabelo, utilizar com o pincel que oferece maior controle daquilo que está sendo depositado.

5. Escolher a textura errada

Para cada tipo de imperfeição existe um tipo de corretivo. Assim, ao escolher a textura errada o acabamento não alcança 100% de sucesso e adeus à cobertura perfeita.

Marcações

Você também pode gostar

Deixe uma resposta