Cruelty Free. Por que isso é tão importante?

O mercado mundial de maquiagem é gigantesco e não para de crescer. Segundo a agência internacional Mintel, as vendas mundiais de produtos de maquiagem totalizam, em média, cerca de 50 bilhões de dólares por ano, com destaque para cinco países nessa categoria: Estados Unidos, Japão, China, Reino Unido e a Coreia do Sul, com o Brasil logo em seguida.

Falando em Brasil, do ponto de vista de consumo, nosso país é o segundo maior consumidor do poderoso mercado da beleza no mundo, incluindo, além de produtos de maquiagem, cabelo e corpo, os serviços de beleza em geral.


ALÉM DA QUALIDADE, RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 

Este importante mercado tem consumidores cada vez mais exigentes, e a boa notícia para brasileiros, e principalmente para as brasileiras, é que as nossas marcas estão evoluindo muito e algumas já conseguem se destacar em qualidade, sem nada a desejar em relação às líderes mundiais como Chanel, Dior, Yves Saint Laurent, NARS, etc.

Além da qualidade, essas grandes marcas mundiais também estão atentas às questões socioambientais e de sustentabilidade. No Brasil, a partir deste filtro, algumas marcas seguem se destacando também, entre elas a SD MAKE•UP, do Grupo Sobrancelhas Design, que adota práticas sustentáveis desde as embalagens até os componentes de todos os produtos, que são totalmente cruelty free!

Cruelty Free, este importante termo que já virou um selo relevante para as principais marcas,  em português significa “livre de crueldade” e se aplica a produtos que não foram testados em animais. Esses produtos vêm sendo cada vez mais procurados pelos consumidores que estão se conscientizando sobre a evolução dos testes laboratoriais e buscando empresas responsáveis por utilizar métodos que visam abolir o uso de animais como cobaias. E o melhor, estão começando a evitar cosméticos que não seguem essa prática. Os bichinhos agradecem! 


SOFRIMENTO QUE PODE (E DEVE) SER EVITADO 

Coelhos, porquinhos-da-índia, camundongos e macaquinhos são os animais mais utilizados pelos cientistas, mas, em alguns casos, também se recorre a cães e porcos, criados em viveiros chamados biotérios. Esses animais, na maioria das vezes, são sacrificados após o estudo!

Os defensores dos direitos dos animais repudiam esses testes, afirmando que são cruéis e inúteis, mas os cientistas argumentam que, sem eles, os avanços da medicina seriam fortemente prejudicados. Felizmente, na cosmética, já é uma opção viável, comprovada pelas marcas citadas, a utilização de testes que não maltratem animais. Quem consegue comprovar isso possui o selo de Cruelty Free.

Vale lembrar que esses testes foram proibidos para as indústrias de cosméticos no ano de 2013 por toda a União Europeia. Para muitos estudiosos, isto é um assunto que deveria estar ultrapassado, já que os resultados adquiridos são desnecessários e ineficazes. E é o que as entidades de defesa dos animais também alegam, de forma que, no Brasil, produtos Cruelty Free não sejam apenas uma opção das marcas mais responsáveis, mas algo obrigatório.

PELO FIM DE UMA TRISTE REALIDADE

Como você já deve saber, os coelhos são alguns dos animais constantemente utilizados como cobaias. Eles são utilizados para medir os efeitos químicos da aplicação de cosméticos em algumas marcas, da seguinte forma:

O produto é pingado nos olhos do animal, e através dos seus grandes olhos é possível a visualização das reações causadas pela substância. Segundo matéria da revista Mundo Estranho, da Editora Abril, devido ao fato dos produtos causarem dor, irritação ou ardor, os coelhos são imobilizados e usam suportes no pescoço. Isso evita que se mutilem arrancando os próprios olhos, além de usarem clipes de metal para manter as pálpebras das cobaias abertas.

E o pior: segundo a fonte, o estudo costuma ser feito sem anestesia, e como reação à substância testada podem ocorrer inflamações, úlceras oculares e hemorragia. Em casos extremos, o animal pode ficar cego. No final, o coelho é sacrificado para análise dos efeitos das substâncias em seu organismo.

Por tudo isso, é importante verificar na embalagem ou na comunicação dos produtos que você compra se ele é Cruelty Free. Assim, a gente poupa os bichinhos desse sofrimento desnecessário, uma vez que existem outros métodos científicos de teste de produtos.

Em tempo: todos os produtos da SD MAKE•UP são Cruelty Free. Clique aqui e garanta o seu favorito!

Boa leitura e até a próxima!

 

Leave A Reply

Navigate