Veja as dicas para a prevenção do Alzheimer

Fevereiro roxo é o mês de alerta e conscientização sobre Alzheimer, que é uma doença genética que pode passar de geração em geração, mas que pode não se desenvolver em todos os pacientes quando tomados alguns cuidados, como estilo de vida e bons hábitos alimentares.

Assim, para fazer a prevenção do Alzheimer, especialmente em casos de histórico da doença na família, existem certos cuidados que ajudam a atrasar o surgimento da doença e que se encontram abaixo.

Fazer diariamente jogos de estratégia

Essas atividades estimulam o cérebro e ajudam a reduzir o risco de desenvolver a doença porque mantêm o cérebro ativo. Separe 15 minutinhos diários e faça atividades como palavras cruzadas, aprender um novo idioma, tocar um instrumento, treinar a memória e jogos de estratégia.

Outra atividade que você pode fazer é ler livros, revistas ou jornais, já que a leitura estimula o cérebro e retém informações, treinando várias funções. 

Praticar exercícios todos os dias

Fazer exercícios físico diariamente pode diminuir até 50% as chances de desenvolver Alzheimer e, por isso, é importante que você faça, pelo menos, meia hora de atividade física de 3 a 5 vezes por semana.

Algumas atividades recomendadas: tênis, natação, ciclismo, dança ou jogos de equipe. Além disso, você pode começar a se exercitar em vários momentos do dia, como subir escada em vez de ir de elevador, por exemplo.

Manter um bom hábito alimentar

Fazer uma dieta rica em vegetais, peixes e frutas ajuda a nutrir corretamente o cérebro, impedindo problemas graves, como o Alzheimer. Algumas dicas de alimentação são: comer peixe rico em ômega 3, comer alimentos ricos em selênio, ingerir todos os dias vegetais com folhas verdes, evitar alimentos ricos em gordura e fazer de 4 a 6 pequenas refeições por dia.

Além de prevenir o Alzheimer, a dieta equilibrada também ajuda a prevenir problemas cardíacos, como infarto ou insuficiência cardíaca.

Beber uma taça de vinho tinto por dia

O vinho tinto possui antioxidantes que ajudam a proteger os neurônios de produtos tóxicos, evitando lesões no cérebro. Desta forma, é possível manter o cérebro saudável e ativo, evitando o desenvolvimento do Alzheimer.

Dormir 8 horas por noite

Dormir pelo menos 8 horas por noite ajuda a regular o funcionamento do cérebro, que aumenta a capacidade de pensar, guardar informações, resolver problemas e, assim, previne o surgimento de demências.

Manter a pressão arterial controlada

A pressão arterial alta está relacionada com o surgimento precoce da doença de Alzheimer e demência. Assim, se você tem hipertensão deve seguir as indicações de um médico e fazer, pelo menos, duas consultas por ano para avaliar a pressão arterial.

Ao adotar este estilo de vida, você apresenta menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares e estará estimulando a função do cérebro, tendo um menor risco de desenvolver demências.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que é necessário um mínimo de 150 minutos por semana para se obter benefícios com um programa de exercícios, reforçando hábitos saudáveis como não fumar, ter boa alimentação, ter peso e pressão arterial controlados, além de níveis saudáveis de colesterol e glicose no sangue, são essenciais para quem deseja se beneficiar de um programa de exercícios regulares. 

Quer saber mais práticas essenciais para o seu bem-estar? Clique aqui e saiba mais.

Leave A Reply

Navigate