Você sabe como estimular a serotonina, o hormônio da felicidade?

Estimular a serotonina no nosso organismo está relacionado aos nossos hábitos de vida. Os níveis podem ser aumentados por meio de práticas de atividade física, massagens e alimentação saudável, equilibrada e rica em triptofano. 
Quando nos exercitamos, nosso organismo libera mais desse neurotransmissor tão importante para a regulação do sono, bom humor, ritmo cardíaco e manutenção da temperatura corporal.
A serotonina é um neurotransmissor produzido a partir de um aminoácido, o triptofano, que pode estar relacionada com várias funções no organismo como regulação do sono e da temperatura corporal, bom humor e sensação de bem-estar.
Há algumas formas de estimular a serotonina. Veja abaixo quais são;
– Atividade física
Os exercícios físicos ajudam a aumentar os níveis de serotonina que estão presentes no sangue já que é capaz de favorecer o aumento da produção e liberação de triptofano. 
Assim, ao praticar exercícios de forma regular ou muito intensa é possível aumentar os níveis de serotonina no sangue e que chega ao cérebro, resultando na sensação de bem-estar e melhoria da sua qualidade de vida.
Toda atividade física é válida mas os exercícios aeróbicos estão mais associados ao maior nível de produção desses neurotransmissores, sendo assim, interessante que você pratique corrida, natação, caminhadas ou dança, por exemplo
– Tomar sol diariamente
Estudos apontam que se expor ao sol todos os dias também é capaz de aumentar os níveis de serotonina, porque a exposição solar promove a produção de vitamina D, que tem impacto direto no metabolismo e, consequentemente, leva à formação de maiores quantidades de serotonina. 
Então o recomendado é ficar exposta ao sol de 10 a 15 minutinhos por dia, de preferência nas horas em que o sol não é tão quente, isso porque é recomendado não utilizar o protetor solar.
– Alimentação rica em triptofano
A alimentação é fundamental para a produção de serotonina, isso porque é na alimentação que obtemos quantidades ideais de triptofano.
Então é importante que você tenha uma alimentação rica em triptofano, ou seja, alimentos como queijo, salmão, ovos, banana, abacate, nozes, castanhas e cacau, por exemplo. 
– Atividades relaxantes
Algumas atividades como ioga e meditação também podem ajudar a aumentar os níveis de serotonina, porque ao praticar essas atividades é possível regular os sinais nervosos e melhorar a atividade dos neurotransmissores, promovendo a sensação de bem-estar.
E como essas atividades tem como objetivo diminuir os sintomas de estresse e ansiedade, isso também ajuda a regular os níveis de cortisol, que tem ação contrária à serotonina. Então é possível favorecer a ação da serotonina no organismo.
Você também pode conseguir o aumento dos níveis de serotonina por meio das massagens relaxantes, pois há o favorecimento da produção de neurotransmissores associados à sensação de bem-estar, como a serotonina e dopamina.
– Suplementos
Quando as formas naturais não são suficientes pra aumentar a serotonina, pode ser indicado o uso de suplementos que promovem o aumento da concentração de triptofano no organismo e da liberação de serotonina.
Alguns estudos sugerem que o uso de probióticos também pode promover aumento dos níveis de serotonina, isso porque promove aumento dos níveis de triptofano no sangue o que representa maiores quantidades deste aminoácido no cérebro e maior produção de serotonina.
Importante! A indicação de suplementos deve ser receitada por um médico ou nutricionista, ok?
– Contato com a natureza
Respirar o ar livre da natureza, admirar uma paisagem com árvores e todas essas boas sensações trazem evolução, aumentam sua energia e melhoram o seu humor. Consequentemente contribuem para o seu bem-estar. Sentir os raios solares estimulam a vitamina D e também a produção de serotonina.
Sinais que a serotonina está baixa:
  • Sonolência ao longo do dia;
  • Mau humor incomum pela manhã
  • Mudanças no desejo sexual;
  • Desejo por alimentos açucarados e gordurosos;
  • Dificuldades de concentração e aprendizado;
  • Irritabilidade.
Veja aqui algumas práticas essenciais para o seu bem-estar

Leave A Reply

Navigate